Corajosos Viajantes...

Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Bienvenue! Bienvenidos! Manava! Welcome! Fáilte! Herzlich Willkommen! Benvenuto! Hau Koda! Tapeguahê Porãite! kalos ilthate! Welkom! ahlan wa sahlan! Bonvenon! Eguahé Porá! Yôkoso! Bari Galoust! Aap Ka Swaagat Hein! Gratus Mihi Venis!

Desejo que...

Bendito seja o anseio que te trouxe aqui e que aviva a tua alma com assombro. Que tenhas a coragem de acolher o teu anseio eterno.

Que aprecies a companhia crítica e criativa da pergunta "Quem sou eu?" e que ela ilumine o teu anseio.

Que uma secreta Providência Divina guie o teu pensamento e proteja o teu sentimento.

Que a tua mente habite a tua vida com a mesma certeza com que teu corpo se integra ao mundo.

Que a sensação de algo ausente amplie a tua vida.

Que a tua alma seja livre como as sempre renovadas ondas do mar.

Que vivas perto do assombro.

Que te integres ao amor com o arrebatamento da Dança.

Que saibas que estás sempre incluído no benévolo círculo de Deus.

(oração celta)

E que o DIVINO te guarde na palma de suas mãos, até nosso próximo encontro...

Namastê!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

PRAZER: MENINA SAPECA

Circulando por leituras, me deparei com esse belíssimo texto 'A Menina Sapeca'. Ao iniciar a leitura, despertou em mim, uma sensação de 'Déjà vu', ou, poderia dizer, uma certa nostalgia...
Independente das sensações, o melhor, é as lembranças e similaridades que esse texto tem, em relação a minha história, em particular. Também estudei em colégio de freiras, também tive pavor delas e de suas falas, com relação a 'pecados, castigos, certo e errado', ser 'boa ou ser má', etc, etc, etc...
Eu, uma 'menina bem comportada' - Sapeca? - Como assim? SAPECA!!! GENTE! Infernizava as irmãs com minhas perguntas intermináveis...Principalmente, a irmã que nos dava aula de 'Educação Religiosa'. Sim, aquelas aulas, onde nos ensinavam como ir para o Céu...Sim, eu aprendi como ir para o Céu...rs
Para mim, diferente da menina sapeca do texto, o meu maior pavor, era o inferno. Ficava a imaginar - O diabo cozinhando as pessoas no seu imenso caldeirão  e segurando um tridente gigante - que tortura faziam com nós pobres crianças! 
- Eu queria saber, de onde a gente vinha? Por que Adão e Eva não usavam roupa? Como se nascia? Como a gente existia se Caim matou seu irmão Abel?  Por que Deus era tão velho? Onde estava a mãe Deus? Como as pessoas existiam se só ficou um homem? etc, etc...Minha cabecinha fervia...Queria respostas. Mas elas não vinham como eu esperava. As respostas vinham como um ultimato. Era um tormento do tipo;
..."Isso é pergunta que se faça?", "Menina  educada não fala essas coisas! "Coloque-se no seu lugar!", "Como ousa falar isso?" "Se continuar a fazer essas perguntas vai pro castigo!" "Vou chamar os seus pais!" ...etc.
Eu, naquele tempo, sem entender o que, exatamente, seria esse 'se colocar no seu lugar'...rs...Tentava não ser uma menina sapeca. Mas, a curiosidade era sempre maior, e os castigos, também... Mesmo assim, sobrevivi, assim como, a menina sapeca, também. Que beleza!!!
O texto logo abaixo, autoria de Isabel Furini , me permitiu um retorno delicioso a minha infância. Tenho certeza, que para você, assim como eu,  será um reencontro com 'nostalgias', doces lembranças ou 'Déjà vu'. Não importa. O que importa, é não esquecermos que dentro de cada um de nós existe uma criança sapeca, curiosa, bagunceira, sedenta por aprender e, acima de tudo, muito amorosa. Céu ou Inferno - O que é para você?  Para mim, cada um de nós vive e faz tanto seu Céu, quanto seu inferno...Cada um tem a liberdade de fazer suas escolhas. Claro, que, longe dessa criação fantasiosa e cruel, dos tempo das aulas de 'educação religiosa'...rs  Eu, continuo a ser uma 'Menina Sapeca'. Muito Prazer!
Imagem:Internet

BOA LEITURA ;)))

A MENINA SAPECA -  ( Isabel Furini )
Eram os anos 60 – dos hippies, do rock, do sonho de uma comunidade universal e pacífica. As freiras da escola frequentada por minha amiga… Carla (o nome é fictício), não toleravam indisciplina. Eram muito tradicionais e rejeitavam essas posturas “modernas” diante da vida, especialmente a irmã Lúcia.
É preciso entender que era um Colégio tradicional, mais do que tradicional, um colégio antiquado mesmo, cheio de regras e padrões. A irmã Lúcia cuidava das crianças como a diligência e a rigidez de um sargento. Qualquer movimento, qualquer palavra dos alunos era considerado indisciplina.
A irmã Lúcia gritava:
– Quem falar sem pedir licença vai para o inferno. Quem não escovar os dentes depois do almoço vai para o inferno… Meninas sapecas irão para o inferno… E Carla era uma menina sapeca.
Um dia entrou na cozinha, pegou uma jarra e molhou as plantas da entrada que pareciam precisar de água.
– Você não pode decidir sozinha, tem que pedir autorização para pegar uma jarra. Eu já falei que desordem leva ao inferno… pense nisso, Carla.
– Sim, irmã Lúcia – respondeu a menina.
– Pode voltar para sua sala de aula.
Carla entrou na sala, sentou-se perto da janela e soltou sua imaginação… entre as nuvens desenhou o inferno. Um lugar lindo e colorido, cheio de crianças bagunceiras que corriam e brincavam. Depois, visualizou o céu. Um lugar frio e chato, cheio de freiras…
NAMASTÊ!!!!

3 comentários:

Rosinei disse...

Sobre o texto, bem...tantas dúvidas surgiram na minha cabeça quando criança, que sempre me senti a ovelha negra da familia, rs ..tamanha eram os meus questionamentos sobre DEUS, castigo, inferno, que tudo que pensava em fazer, me perguntava se aquilo não era pecado e o que faria quando chegasse o momento do Juizo final, aquilo aterrorizava. Deveria ser proibido esse tipo de ensinamento e cobrança para crianças. Na verdade, isso traumatiza...rs

Ursula disse...

Amiga...

gracias por pasar por mis letras y dejar tus palabras tan dulces!!
tu lugar está lleno de luz y de buenos deseos!!!

hermosos días!!!

beso!!!

Roder Rock disse...

Sapeca e inteligente!

Gostei de sua visita.

A paz.

PEDOFILIA: NÃO!

Pelo telefone disque 100 - DENUNCIE! "Pais e filhos, inconscientes dos perigos da rede são presas fáceis de pedófilos. Uma criança ingenuamente não identifica um adulto se passando por um amiguinho da mesma idade. Uma dica é: Retirar o computador do quarto da criança, colocar em local onde possa estar vigiando sempre. Olhe sempre o histórico de navegação antes de fechar o computador para saber os passos que seu filho deu dentro da web. Computador no quarto também é veículo para o tráfico da pornografia infantil." PENSE NISSO!!!

Palavras ao vento

Dulcinéia


Quem tu és não importa, nem conheces,

O sonho em que nasceu a tua face: Cristal vazio e mudo.

Do sangue de Quixote te alimentas,

Da alma que nele morre é que recebes,

A força de seres tudo.

(Jose Saramago)


SILÊNCIO: NÃO! DENUNCIE! - 180

A Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 é um serviço que foi implantado em 2005 pela SPM (Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres). Trata-se de uma central de atendimento telefônico que funciona ininterruptamente, inclusive finais de semana e feriados. A ligação é gratuita e pode ser feita a partir de qualquer local do país.

AMIZADE

QUE HAJA PAZ NA TERRA! QUE A PAZ COMECE EM MIM! "Para deixar um planeta melhor para nossos filhos, basta deixar filhos melhores para nosso planeta". NAMASTÊ!

Anjos Procurados

"Nós somos, cada um de nós, anjos com apenas uma asa e somente poderemos voar abraçando uns aos outros". Luciano de Crescenzo

"Não é o quanto fazemos,

Mas quanto amor colocamos no que fazemos.

Não é o quanto damos,

Mas quanto amor colocamos no doar".

Madre Teresa

TODA FORMA DE AMAR!

Eu Respeito. E você?

Ajude a cuidar de nossa casa!

Créditos e Autoria

Os textos aqui postados são pesquisados em livros e na internet. Alguns desconheço sua autoria, muito embora, busco incessantemente descobrir. Nossa intenção em postá-los nesse espaço é compartilhar e espalhar conhecimento. Acreditamos que essa é a vontade de nossos ancestrais. Afinal, de que adiante um livro guardado em nossa estante? É envolta nessa aura de desejo em repassar, distribuir, informar, que ousamos acarinhar os corações que aqui chegarem. Deixamos nossa eterna gratidão à todos os seres Maravilhosos, que nos legaram com tantas pérolas. E nesse legado, nos permitem espalhá-las como flores ao vento... Que todos sejam triplamente abençoados!!! Madre Del'Alma Namastê!